Não é sobre ter e sim sobre ser...

Bem este fim de semana foi um aprendizado.
Sabe  aquele ditado do Ser e não do ter.
Bem assim.
Eu tenho uma sobrinha de 3 anos.
Linda.
Ela nasceu e eu era a tia mais babona de todo planeta.
Éramos unha e carne.
Amor sem fim.
Até o seu primeiro ano de vida.
Só que por questões familiares.
Que não me envolviam e nem ela.
Fomos afastadas.
Por problemas e erros de terceiros.
Me afastei de tudo.
Senti muita falta.
Era uma dor, que eu sentia verdadeiramente.
Enfim perdi quase dois anos do crescimento e desenvolvimento dela.
Mas sempre lembrava dela.
Quando via um brinquedo ou algo que me fizesse lembrar dela.
Pois o destino nos uniu de novo.
Sabe  há males que vem para o bem.
A mãe dela descobriu um câncer  de mama.
Eu não aguentei e fui ver se precisava de algo.
Nessas horas não importa brigas, ainda mais brigas que não são nossas.
Só quem é muito insensível agiria assim.
Quem não tem coração,sentimentos, enfim...
Voltamos como se nada tivesse acontecido.
Como se o tempo não tivesse passado.
O amor fala mais alto.
Nesse fim de semana eu passei o dia com ela.
Vendo vídeos,cantando ,jogando,montando quebra cabeças.
Coisas simples.
Não precisei dar brinquedos caros.
Ela só queria a minha atenção.
Meu carinho.
Estar ali apenas isso.
Dar comida.
Tomar banho coisas simples do dia a dia.
Mas quando se é feito com amor.
Não tem preço.
Ser feliz, não precisa ter .
Precisa apenas ser.







Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Craft room

Você toma alguma coisa para ser feliz? Sim decisões...

Whatsapp